terça-feira, junho 06, 2006

Urbanismo do Porto nos blogues

O Vereador do Urbanismo veio no blogue de "a baixa do Porto" escrever a sua justificação sobre as noticias em que dizia acatar a decisão do tribunal sobre as construções no parque da Cidade.

Rio Fernandes creio haver precipitado um elogio, metendo foice em Seara alheia pois não possui responsabilidades ao nivel do PS Porto Concelhio ou Distrital (como tinha no passado recente), dizendo da disponibilidade do PS em contribuir para resolver o imbróglio juridico-financeiro do urbanismo do Porto. Bom, não percebo de quem foi essa disponibilidade, se da bancada liderada por Assis, se da Assembleia Municipal, se da Concelhia Socialista Portuense, ou mesmo da Distrital.
Nem sequer qual a vantagem de um dirigente do PS, que por sinal é também um técnico que teve envolvimento no planeamento recente da cidade do Porto, em vir fazer uma abordagem destas quando o clima é de debate político dos socialistas ao branqueamento que se faz agora destes processos, nomeadamente deixando tudo nas larguissimas costas de Nuno Cardoso, que tem sem dúvida a sua quota parte de culpas, fruto daquelas noitadas de despacho que entendeu oferendar a Gomes.

Mas, se entretanto lerem um bom artigo de Carlos Abreu Amorim no jn sobre o processo da Quinta da China, citado via blasfémias, onde, como sabem, CAA é um dos escribas desse famoso blogue portuense.
Na mesma fonte, justifica-se não perder o que diz o Tiago Azevedo Fernandes, já agora autor, como sabem, do blogue "a baixa do porto".

Já agora junte-se a isso as noticias de hoje sobre as construções na escarpa do Douro, vulgo Secil, com imagens da proposta anterior ( do tempo de Nuno Cardoso) e a actual (que será construida).
Sem qualquer segunda intenção, já agora registe-se o seu autor, Arqt Rogério Cavaca, arquitecto dos edificios de Matosinhos denominados "portas do mar" que tem sido muito criticados ao nivel da volumetria prevista, aliás construída.


Sem duvida que os tempos são outros...

5 comentários:

Incoerente disse...

1º Se o PS não esta disponivel para discutir este assunto - DEVERIA ESTAR!

2º Se o PS prefere continuar a discutir sozinho - é natural ke os seus membros se alheiem dessas condutas.

3º Se o PS prefere ignorar os passos dados pelo PSD no sentido de dialogar e disso não faz exemplo de conduta - então o PS só ganhará no Porto, no dia em que os outros desistirem .

E na minha opnião - há muito ke Rio Fernades se livrou e bem do carimbo publico de PS Porto , já ninguem o entende como politico, mas sim como Cidadão interessado e com competencia profissional para dar uma ajuda na engrenagem Civica
, se calhar a partipação ke fez é prova disso mesmo - interessa-lhe mais a Cidade ke o partidarismo- porke a oposição deve estar sempre disponivel para discutir com abertura os processos da Cidade pela qual foram eleitos...

Avelino disse...

Olhe Cristina,

Essa é muito boa! Essa e a defesa da densidade com a referência a teóricos americanos.
Mas eu não queria entrar por aí se quiserem fiquem bem. Se acham tudo isto bem, fiquem melhor. Se acham que se deve dialogar com RR, só pq agora meteu um vereador que acha mal tudo o que fez para trás, tudo bem.
Se acham que este é mesmo o caminho do diálogo inter-partidário - tudo bem.
Se acham que o PS devia caucionar esta estratégia levada a cabo por uma maioria, repito maioria, que não precisa de consensos para nada - aí discordo.
Responsabilidades a quem faz as coisas meus amigos. Eu não gosto dos Aliados, não tenho que ser conivente, tal como outros não forma no processo do PArque da Cidade - que deu a vitória a Rui RIo.
Enfim, toda a gente sabe que tenho as maiores dúvidas sobre estas estratégias negociais de bloco central político. Tb nunca deixei de discordar da estratégia do PDM, e já o disse ao seu responsável - Lameiras. Quanto ao RIo Fernandes discordo da sua posição sobre a AMP eleita e disse.

Pedro Aroso disse...

Caro Avelino

Confesso que não percebi onde queres chegar... Em relação ao projecto do Rogério Cavaca, achas melhor a primeira solução ou a segunda? E se te entregassem o projecto a ti, o que é que propunhas para aquele local?

Abraço
Pedro Aroso

avelino disse...

Caro Pedro Aroso,

Não acho nada. Acho que todos gostam de falar dos assuntos de urbanismo como se mandassem. é o caso da malta do PS.
Se o RUi RIo tem maioria que a exerça e que tome as suas opções, a nós cumpre-nos julgar - como ele fez com o PS. Temos que ter agenda própria.
Infelizmente não me entregam os projectos a mim. Mas garanto que não reagia nem como o Souto de mOura nem como o Siza às criticas.
O Souto Moura agora até diz que não havia torre prevista par ao parque da Cidade. Pois, como se não se conhecesse o Projecto - ela estava no enfiamento da Afonso MAgalhães,junto a Matosinhos. Tal como aquela linda torre a beira da Ac Santos foi aprovada em loteamento do Siza e depois feito por outros, tal como os prédios de cima. Tal como as 3 outras torres que ladeavam a do Burgo. Se estavam bem desenhadas nem contesto, mas não venham dar lições de moral.
E sobre o projecto do Cavaca, não acho que fique bem no local, mas se fosse eu tinha 2 hipóteses, ou aceitava ou rejeitava o trabalho.
O Projecto do Cavaca foi aprovado em tempo record (daquelas em que vai tudo em mão), após a reformulação, com uma negociação gira, inclusive da CCRN, e foi liderada pelo Paulo Morais.Mas saberás tão bem como eu que aquele edifício faz lembrar o de Matosinhos (e esse está com certificação de qualidade - que não contesto).
Agora tu e eu sabemos concerteza só parte da história destes processos. E custa-me que depois cá fora se fale em pactos e por aí fora.
Acho o PDm do mPorto uma miséria. Não gosto nem concordo. Quero lá saber dos indices. Eu até gosto de algumas torres e destesto algumas zonas de densidade média.
Agora já sabemos que afinal o Porto continua a desenvolver grds projectos. E os ultimos 4 anos foram para entreter meninos, são os mesmos promotores, investidores, arquitectos, financiadores (2º o Paulo Morais claro), etc.
Que querem que diga? Que sim?
Não consigo.

Incoerente disse...

Vamos a pontos:

Concordo que voltamos ao mesmo e ke entretanto passaram 4 anos, não há maneira de disfarçar a mudança contraria aos ideiais que levaram à eleição desta equipa

- estou descontente

mas, não me parece ke Rio Fernandes tenham dado o acordo em relação à decisão do vereador, deu acordo e incentivo ao facto de este se expor publicamente num BLOG , e dai partiu para o incentivo ao seu proprio partido sugerindo que talvez fosse o momento ideal para o PS se abrir e discutir, se não com Rui Rio pelo menos com o povo

, a agenda do PS deve passar pela abertura ao dialogo - mesmo ke esse dialogo seja do contra - mas é melhor o dialogo ou a reprovação à abstenção,

O PS não pode zangar-se com a Cidade, tem ke se abrir , mostrar o ke pensa , dar ideias - é essa a sua função

o vereador do PSD deu um passo nesse sentido, porke é ke o PS não o faz tambem ?!

é demasiado elitista para se pronunciar numa contra resposta?!

Não pode falar com a população, só pode falar com os membros e estes só podem falar em publico com a expressa aprovação do partido?

Calma porke era só disto ke estava a falar...