quinta-feira, abril 20, 2006

Outros aniversários


Ou, sobre o sentido de oportunidade...

Via Tugir fiquei a saber que também se comemorava ontem, se bem que apenas 33 anos, a data em que foi deliberado, em Bad Munstereifel, transformar a ASP em Partido Socialista, ou seja, sem qualquer festa comemoraram-se ontem os 33 anos do Partido Socialista.

A data escolhida, a coincidir com o que terá sido talvez a data mais vergonhosa da história do nosso país, apenas se poderá compreender pela urgência e pela necessidade de evitar que viesse a coincidir com a celebração da data de nascimento, em 20 de Abril de 1889, de um dos vultos mais marcantes do século XX…

E pensar que 3 em cada 4 anos tem 365 dias…

António Moreira

14 comentários:

maloud disse...

O PS não merece que o misturem com o Hitler.

AM disse...

Hehe Maloud

Obviamente que apenas me limitei a reparar na coincidência das 3 datas.

A Matança dos Judeus em Lisboa
O nascimento do Adolfo
A "fundação" do PS

Nada mais

Agora o que não deixa de ser espantoso é o facto de essas efemérides serem praticamente ignoradas pela comunicação social, nomeadamente as televisões.

Apenas ouvi umas referências ao "pogrom", ontem na Sic noticias...

AM

AM disse...

Claro que pode ser que apareçam para aí uns comentários indignados, o que é sempre saudável para as audiências :)

AM

AM disse...

Isto naturalmente apesar de ser já previlégio mais que suficiente a visita do único comentador referido duas vezes (!!!!) no artigo do Pacheco, no Público :):):)

AM

maloud disse...

AM,
Quem é o comentador, porque hoje não li o Público?

maloud disse...

AM
Não precisa de me explicar, porque já sei. Fartei-me de rir.

maloud disse...

AM,
Para não me andar a repetir por todo o lado, vá, por favor, à caixa de comentários da GLQL.

AM disse...

On my way...

AM

AM disse...

Maloud

Já fui, comentei e regressei.

Para quando o seu blog?

AM

maloud disse...

AM
Obrigada!

rb disse...

Também fui um dos contemplados, mas só uma vez :(
Ontem, pela noite dentro, e depois de ler o artigo no blog pois não tive tempod e lê-lo no público, mandei este mail ao JPP, mas não espero que ele publique. Até porque o cansaço não me deu para maior clarividência, mas tinha que lho dizer. Até estava a gostar da crónica até ele começar a falar dos comentadores. O homem deve mesmo julgar que a blogsfera deve gravitar em volta do abrupto. Enfim ...


A fauna das caixas dos comentários

Era leitor esporádico de blogs. De repente, como quem começa a fumar, tornei-me um comentador assíduo, procurando estar Atento. Concordo que se vê muito lixo nas caixas de comentários. A blogsfera apesar de virtual ainda é humana. Faz parte da rede. Há-de tudo portanto. Não vejo mal algum em comentar, desde que seja num registo mínimo de elevação e se procure debater ideias. Porque não? Se o blog é aberto a comentários, concerteza que o autor os tem como bemvindos. Alguns bem interessante e só propícios neste contexto. Se os comentadores vão "à boleia" dos blogs também é verdade que, estes deles benefeciam. O que é "O Abrupto feito pelos seus leitores"?... O que eu critico é meter-se tudo dentro do saco do lixo blogsfério, como se os comentadores fossem uma praga que contamina o nivel inteligente, literado, pensador e intelectual da blogsfera. Absolutamente, não concordo. As caixas de comentários, devidamente filtradas, e as cumplicidades que lá se vivem, são naturais efazem parte deste blogofenómeno e são até um dos seus encantos. O anonimato também o é. Pergunto: como é que um cidadão anónimo se identifica na blogsfera? Por último, devo dizer que não me revejo no retrato feito aos comentadores, anónimos, sem ou com nick. Leva-me a citar: "assenta na tradição nacional de maledicência".

Atento

maloud disse...

Atento
Passe pela GLQL. Aquilo parece um clube dos defensores do povo, dos invejosos do poder. Só falta começarmos a desejar boas férias uns aos outros, para o quadro estar completo. Vá que vale a pena. Estamos todos em catarse.

maloud disse...

Atento
Ele não publicou o meu 2º e-mail. Quem o publicou foi o José da GLQL.

rb disse...

Já passei lá e subscrevo todos os comentários da Maloude e e-mails enviados. Grande post do José. Imagino a temperatura dasrelhas doo dr Pacheco. Bom fim de semana :-)