sexta-feira, janeiro 06, 2006

MACRO CAUSA

Estranhamente (ou não) os arautos habituais da transparência das instituições, sempre tão prontos a lançar as suas “micro causas”, parecem estar distraídos quanto ao assunto das contribuições para as campanhas.

É que anda por aí um tal assobiar para o ar…

Será que sou só eu que sempre tive esta curiosidade em saber:


QUEM PAGA A FESTA????????


Assim penso que seria mais que oportuno o lançamento de uma “macro-causa”

Podem por favor os candidatos presidenciais, TODOS, disponibilizar publicamente a listagem dos contribuintes para as respectivas campanhas e os montantes disponibilizados por cada um?

É que esta pode ser a única forma de esvaziar os boatos que já circulam (como este) e os que não tarda nada, usando a teoria dos telhados de vidro, vão começar a aparecer.
Quem (no resto da "blogosfera") alinha?
Estou para ver.
António Moreira

22 comentários:

jcd disse...

Onde está o vosso post a exigir a publicação da listagem para as últimas eleições legislativas? Não encontrei, mas julgo que deve estar por aí.

Façamos as coisas por ordem. Vamos alinhar primeiro no saldar das contas mais atrasadas para alinhar depois com as mais recentes.

Incoerente disse...

é uma medida preciosa no combate à evasão fiscal, ainda estou para ver kanto declaram os apoiantes do Cavaco .....

é esses e os investidores da OTA

AM disse...

Caro JCD

Quem é o VÓS ?
Tal como no "blasfémias" aqui não há Vós, neste caso apenas EU
(Nem sei se os outros sedentos estão ou não de acordo com esta Macro Causa)

Se, por VÓS, se referia ao PS, fique a saber, para sua informação não sou militante (nem votante) do PS, assim como não sou apoiante (nem votante) da candidatura de Mário Soares (nem de nenhuma outra).

Não é bonita (nem séria) a sua forma de "fugir com o cu à seringa"

AMNM

Pedro Aroso disse...

Caro António Moreira

Subscrevo inteiramente o seu apelo. Também acho que TODOS os candidatos deveriam publicar a lista dos seus apoiantes contribuintes. Assim, aproveito para enaltecer e aplaudir a divulgação tornada pública da contribuição do Partido Socialista para a candidatura independente do Dr. Mário Soares (já não me recordo da quantia...). Alguém se lembra?

Pedro Aroso

Incoerente disse...

mas os finaciamentos das autarquicas não deviam ter sido já publicados?!

as contas relativas a substituição mensal dos cartazes, o excesso de investimento, os bombos ...

muito bem lembrado !

AM disse...

A este propósito, no Jumento:

http://jumento.blogdrive.com/

"Na imagem Cavaco Silva mostra ao jornalista da Rádio Alfa a prova de que são os mais humildes que estão a financiar a sua campanha eleitoral, a genuinidade destes apoios é tão grande que o candidato já não sabe o que fazer aos muitos apoios em espécie que recebe, desde frangos e perus à melancia que exibe, passando por presuntos e sacos de alcagoitas. Houve mesmo um popular que ao saber da história do almoço com o Bispo de Setúbal lhe mandou uma marmita com carapaus alimados, para que da próxima não seja tão forreta."

A não perder...

Incoerente disse...

o artigo do jumento comprova a evolução da força dos portugueses, antigamente só se atiravam tomates

avelino disse...

Julgo que a causa que o António Moreira propõe é muito pertinente e tem evidentemente o meu apoio, como aliás de todos os outros membros do Sede que sempre pugnaram pela transparência, proximidade e conhecimento dos partidos políticos que como todos sabem são associações públicas.

AM disse...

Obrigado ao Avelino (e restantes "Sedentos") pelo apoio que mereceu esta iniciativa.

É que não chega esgrimir insinuações, num ou noutro sentido, é preciso ser consequente.

Não chega dizer que não se é apoiado por partidos, é preciso dizer, então, quem paga as contas.

Mas o que é verdade para Cavaco, é também verdade para Alegre, assim como para Soares, Sousa, Louçã e Pereira, na parte não suportada pelos partidos.

Porque também não chega exigir de Cavaco que revele e afirmir que "mostra a minha se, primeiro, ele mostrar a dele" (como os garotos) é preciso dar a cara, ser consequente, vir a público e afirmar "Está aqui a lista dos meus apoiantes (financeiros) e as contribuições de cada um, agora os outros candidatos que façam o mesmo, se quiserem, puderem ou tiverem coragem, se não, cabe ao "povo" pensar o que quizer, sobre essas atitudes".

O mesmo se passa quanto aos (eventuais) defensores de Cavaco que aqui tem vindo "mandar umas bocas".

Assumam-se
Assumam que se o vosso candidato se recusa (tão atabalhoadamente) a rebelar as suas fontes de financiamento é porque algo tem a esconder.

Vocês é que escolhem as vossas companhias.

AMNM

Anónimo disse...

Que engraçado, também trocam os b's pelos v's a escreverem. já me tinham dito mas eu não acreditava. Escusam de vir com a citação do Garret "....mas que não trocam a liberdade pela servidão" que eu já conheço.

"Assumam que se o vosso candidato se recusa (tão atabalhoadamente) a rebelar as suas fontes.."

Maria Alice

AM disse...

Ó Maria Alice

Muito obrigado por reparar no "gato", fico ciente que V.Excia além de ler este "blog" (o que só lhe fica bem) ainda por cima tem "bom olho" para reparar nos erros ou gralhas que "os outros" cometem quando escrevem.
Caso os outros sedentos concordassem estaria até na disposição de lhe propor um lugar de revisora oficial do Sede, não fora o facto de (já agora) ter reparado que o seu domínio da gramática deixa algo a desejar (decubra por si ou peça alguma ajuda).

Já agora, visto não ser simpática,nem saber gramática, espero, ao menos, que seja "gira" :-)

Muito obrigado e volte sempre

AMNM

AM disse...

Antes que "ela" volte:
Não é "decubra" mas sim "descubra" :-)

AMNM

fortuna disse...

Ai que engraçado, que giro.
Olha desta é que eu não me tinha lembrado, perdão lemvrado.
Um corrector ortografico para o SEDE, para os nossos leitores aprenderem a fazer a concordancia nas frases. E para os nossos sedentos aprenderem a fazer a pontuação e assim. Era mesmo giro.
E para não se dizerem carvalhadas e futebois. era giro, era.

Incoerente disse...

Ei Caro amigo Moreira nem todos são como o nosso presidente ke devolvia os contributos anonimos...


se Cavaco ou Soares vierem a divulgar as contribuições serão anonimas na maioria, porke o bem-feitor não precisa de dar nome á dadiva...

Incoerente disse...

essa da concordancia é p/ mim?!

AM disse...

Ó Incoerente

Raspe-se daqui para fora que se a Maria Alice a apanha leva uma descasca no português que nem a Barbie (aquela do Diniz Maria) a deixa ir ao campeonato :)

AMNM

AM disse...

Agora quanto a contributos está mais que visto, assobia Manel assobia, que mais vale é falar de outra coisa...

Votem neles, vá...

AMNM

daviduskas disse...

nao percebo tanto agitacao: aqui http://great-portuguese-disaster.blogspot.com/ pelo menos ja se sabe quem sao os principais financiadores do sr Silva.

AM disse...

Hehe

Já lá fui :-)

Estão lá alguns mas não estão lá todos...

E depois é só do Cavaco e o que eu (nós?) quero (queremos) é saber de TODOS

AMNM

Incoerente disse...

peço desde já desculpa aos eventuais leitores dos comments, por kalker erro ortografico ou pontapé na concordancia gramatical neste comment ou noutro kalker,

informando desde já, ke tal lapso é devido às condições precarias em ke este teclado se encontra

nunca os erros apresentados visaram por em causa a competencia da professora da 3ª classe , ke é completamente alheia ao estado do teclado, nem tão pouco a kalidade do ensino em Portugal,

suspendo portanto a emissão a concelho do dirigente, ficando assim a aguardar a chegada do xoke tecnologico a este Estaminé

fortuna disse...

Amiga incoerente, creio que já a posso assim tratar...
Não, a concordancia não era para si. Nem a das frases nem outra qualquer porque está visto que raras vezes concordamos.
Embora aprecie muitissimo o seu sentido de humor e a sua presença neste, como diz, estaminé.
Aliás gosto até da sua escolha de palavras. Esse exercicio é do meu especial agrado pelo que representa de aproveitamento do potencial da lingua portuguesa.
A amiga é sempre muito bem vinda,

fortuna disse...

Convem é que a gente não se perca com assuntos e provocações laterais e não esqueça a macro causa. Însista Moreira, insista.
Já na segunda ou terça feira.