sábado, março 04, 2006

Da elegância...

Talvez venha a propósito lembrar o meu primeiro "post" neste "blog".

Talvez venha também a propósito frisar, para bom entendedor, que nunca, nem aqui ou nem em qualquer outro lado, comentei fosse o que fosse sem assinar com o meu nome ou as minhas iniciais, nunca inventei outros nomes ou comentei como anónimo...

Talvez venha também a propósito o meu agradecimento ao Fortuna, primeiro e ao Avelino depois, pelos convites que, então, me fizeram para escrever no SEDE.

Talvez venha também a propósito agradecer publicamente a reafirmação, feita pelo Avelino Oliveira, que, mesmo enquanto candidato a presidente da concelhia do PS, do Porto, continuava a não lhe causar qualquer incómodo a publicação da minha opinião livre neste "blog" quer concordando quer discordando da mesma.

Face aos desenvolvimentos recentes, que não podem deixar de me surpreender, por demonstrarem, mais uma vez, quão certa é a afirmação de que "Deus deu a palavra aos homens para que melhor possam esconder o pensamento", irei, naturalmente reflectir.

Segue a cópia do meu primeiro "post" aqui, peço atenção ao último parágrafo :


"Cá estou eu

Fui convidado para colaborar, escrevendo, aqui no SEDE.


O facto de alguém ter lido alguns dos meus escritos, em “posts” noutros “blogs”, ou em caixas de comentários aqui ou noutros locais e, ainda assim, entender convidar-me para escrever no seu espaço é de uma amabilidade que, muito francamente, me surpreende.

O facto de esse convite ser feito apesar de serem conhecidas algumas das minhas opiniões, as quais, em tantas áreas, são, não apenas diferentes, mas até conflituantes com as que são defendidas por quem me convida.


O facto de insistirem no convite, após a minha relutância inicial, e de me garantirem total liberdade, apesar de se tratar de um espaço de cariz assumidamente partidário, merece, a minha admiração e reconhecimento.


No entanto, não foi por admiração ou reconhecimento que aceitei, mas sim por interesse.

Aceitei porque me interessa ter um local onde possa escrever com a esperança que alguém leia.
Aceitei porque me interessa ter um local onde possa escrever sem ser sujeito a censura prévia, mas onde quem discorde (ou concorde) o possa fazer em comentário.
Aceitei porque me interessa ter um local onde possa escrever e ter a esperança de influenciar quem “pode fazer a diferença”.

Aceitei enfim porque, apesar de combater o sistema partidário a que tantos insistem em chamar “democracia” representativa, tenho a maturidade suficiente para compreender que (ao menos no meu tempo) vai ser com este sistema que a sociedade vai ser gerida e que, por isso, (conforme já referi em comentário) devo tentar influenciar, aqueles que me pareçam mais capazes de encaminhar a sociedade no sentido que, a mim, pareça mais acertado.

Alguns dos que me interessa influenciar escrevem aqui e outros, possivelmente, lêem o que aqui se escreve, uns comentarão, outros não.


Umas vezes conseguirei influenciar alguém, outras, serei eu o influenciado.


Mas, acima de tudo, aceitei pelo gozo de escrever, de participar, de discutir, de provocar.
Em suma, pode não servir para mais nada, mas, se for agradável para mim e, talvez para uns poucos mais, já vale a pena.

Enquanto for agradável, para mim e para os outros “Sedentos”, cá estarei :-)

Obrigado.
António Moreira"

6 comentários:

rseruca disse...

Carissimo António
A minha desistência tem a ver comigo e só comigo. Só comigo.
Um abraço
Raquel

AM disse...

Claro que sim, caríssima Raquel

Este "post" também só tem a ver comigo. Só comigo (não leu o último parágrafo?)

Um abraço
António

Anónimo disse...

já vais tarde!!!!!!!!!!!!!

AM disse...

Ó anônimo

Aprende a ler :-)

É que, primeiro, eu não disse que ia a lado nenhum.
E, segundo, enquanto aparecerem por aqui rafeiros tão imbecis como você, a minha vontade de continuar a escrever só se reforça.

(É a evidência da existência destes espécimes, e o facto de eles serem a maioria, que nos permite gozar o conforto da nossa superioridade)

Muito obrigado e continue a aparecer :-)

AMNM

maloud disse...

Caro Amnm,
Bem me parecia que faltava alguma sintonia. Chame-lhe feeling. Você parece-me um pensamento livre que não se formata.
Se resolver deixar de escrever aí, dê-me notícias. Não lhe perdoo, se não as der, porque tem o meu e-mail.
Um abraço
PS. Soube imediatamente do seu "encontro" de hoje. Telefonou-me divertídissima e espantadíssima. Está morta por os conhecer.

AM disse...

Cara Maloud

O problema nunca foi a falta de sintonia, dado essa ter sido assumida desde (ou até antes) do início.
Aliás nunca houve o menor problema (excepto o mal estar causado pela boçalidade anónima), mas esse a Maloud sabe ser uma epidemia...
Quanto ao resto não é conveniente discutir em "canal aberto"...

Recebeu o(s) meu e-mail(s)?

PS- também deste lado houve sequência, uma das visitas disse "quem a V......?,conheço muito bem, foi minha colega de licenciatura" :-)

PF e-maile-me, OK?
Um abraço
AMNM