sábado, maio 06, 2006

Retrato de um homem sério


No DN (via A Baixa do Porto)


Ex-director da PJ combinou com Rio buscas à câmara


Rui Rio defende-se e contra ataca

Agora cabe ao público (a quem mais?) escolher em quem acreditar.

No Jornalista
No Juíz
No Dirigente partidário (para se parar de chamar "político" a qualquer um)


E o "romance" continua...

Ex-director da PJ afirma nunca ter avisado Rio das buscas


A caixa de comentários está aberta

António Moreira


23 comentários:

Pedro Aroso disse...

A verdade é como o azeite: vem sempre à tona...
Citando o Tiago Azevedo Fernandes na Baixa do Porto, "... poderá haver muitas outras razões de queixa (em relação a Rui Rui), mas vamos ser razoáveis quanto aos argumentos que usamos!...".
Tanto o Jornal de Notícias, como o Público e mais recentemente o Diário de Notícias, optaram pelo haraquiri, porque já ninguém acredita nas mentiras que escrevem diariamente sobre a Câmara do Porto.

Pedro Aroso

maloud disse...

Deve ser mais uma cabala.

floreseabelhas disse...

Essa coisa de ser ele o homem mais sério à face do planeta já não rende! Ser sério não significa apenas não amealhar uns dinheiritos indevidos. Não, é muito mais do que isso. E isso não tem acontecido. Por ele e por quem a ele vive encostado.

Pedro Aroso disse...

1. Depois de tudo o que se escreveu sobre o Apito Dourado e o Major Valentim Loureiro, pareciam não restar dúvidas acerca da sua condenação. Na semana passada ficámos a saber que o caso foi arquivado, porque nada se provou.
2. Estou convencido que o mesmo irá acontecer com a Fátima Felgueiras.
3. Quando a(?)o(?) "floreseabelhas" insinua que Rui Rio não é sério (apesar de não amealhar uns dinheiritos), seria bom que apresentasse provas. E já agora, não seja cobarde e identifique-se.

Pedro Aroso

AM disse...

Caro Pedro Aroso

Quanto ao seu primeiro comentário:

«A verdade é como o azeite: vem sempre à tona...»

Muito gostaria que isso fosse verdade (apesar de ser tão repetido)

«Tanto o Jornal de Notícias, como o Público e mais recentemente o Diário de Notícias, optaram pelo haraquiri, porque já ninguém acredita nas mentiras que escrevem diariamente sobre a Câmara do Porto.»

É caso para dizer (no sentido aliás, do meu post) que cada um acredita no que quer, e, a continuar com essa linha de argumentação, um dia ainda o vejo a assinar:

Pedro Aroso, PhD

Quanto ao seu segundo comentário:

primeiro:
Quanto aos Velentims, Fátimas e quejandos, também estou certo que nada se vai provar, como é habitual neste nosso jardim, e assim ficamos com a certeza que "essa gente" é séria, do mais sério que há, naturalmente tão ou mais séria aliás que qualquer Rui Rio ou outros que tal.

segundo:
Quanto à seriedade de Rui Rio, apesar de "não gamar umas croinhas".
A "flores e abelhas" não precisa decerto de "tradutor" mas, como tenho repetido o mesmo tantas tantas vezes, vou repetir-me outra vez:

Quando digo (e não sou só eu que digo) que Rui Rio (e tantos outros) não é sério, estou a fazer uma avaliação política, não estou a afirmar que "anda no gamanço".
Nunca me passaria pela cabeça afirmar que Salazar ou Cavaco Silva (só para arranjar exemplos da mesma "água") tivessem feito umas vivendas à custa dumas comissões duns empreiteiros, mas isso não faz deles "POLÍTICOS SÉRIOS".

Rui Rio é das pessoas MENOS SÉRIAS, MENOS HONESTAS, que tem passado pela nossa vida partidária (e olhe que nem é fácil estabelecer um "ranking") e não precisa que ninguém apresente mais provas do que as que ele tem apresentado diariamente ao longo de tantos anos, mas só vem QUEM TEM OLHINHOS !!!!

Para finalizar este comentário:

Quanto ao:
«E já agora, não seja cobarde e identifique-se.»

É do mais baixo nível que tenho ouvido (fora da boca de um agente da autoridade), e não vou dizer muito mais pois tenho-me habituado a dar um certo "desconto" a este tipo de "pataratices" do Pedro Aroso.

Se o Pedro Aroso quisesse DE VERDADE saber quem é a flores e abelhas poderia, com a sua "elegância" ter solicitado essa informação para o endereço de e-mail da própria, com bons modos e explicando porque é que essa informação é assim tão importante para si.

Se, a proprietária da sua identidade, entendesse que o devia, poderia então conceder-lhe essa graça.

Aliás, quando pretender que EU ME IDENTIFIQUE, agradeço que proceda dessa forma, em vez de começar por me chamar cobarde.

Caso não saiba (ou nunca lhe tenha ocorrido) existem pessoas com vidas próprias que não fazem gala de as exibir em público, chama-se RECATO (vem no dicionãrio)

É sempre bom ler os comentários do Pedro Aroso.

AM

Pedro Aroso disse...

Meu Caro António Moreira

Não vou comentar os seus comentários ao meu comentário porque, a exemplo daquilo que têm vindo a fazer o Jornal de Notícias, o Público e mais recentemente o Diário de Notícias, você, quando se exalta e sabe que não tem razão, acaba por também cometer haraquiri.
Aqui fica um conselho: nunca escreva a quente. Imponha a si mesmo a disciplina a que eram sujeitos os soldados alemães no tempo do Hitler (que você tantas vezes gosta de citar) e apresente os seus argumentos só depois de arrefecer a cabeça. Vai ver que escreve muito melhor e com mais discernimento.

Um abraço
Pedro Aroso

pedro silva disse...

Caro AM

Embora lateralmente digo-lhe o seguinte:
" acaixa de comentários está aberta"

Depois vejo o que está nos comentários do post abaixo e vejo o que a mim próprio sucede sempre que tento inserir comentários no blog o "canhoto". Um blog onde dois dos ilustres postadores são depuatdos...

Acha mesmo que com caixas de comentários abertas e inserido o sistema de anónimos a poderem comentar, por oposição a blogers registdos; acha mesmo, dizia, que é possível fazer qualquer tipo de debate ,especialemnte com militantes socialistas?

Especialmente a garotada inconsequente e ultra ignorante que está convencida que chegou ao topo do mundo e que é brilhante?
dificl ,para não dizer impossível...

Só para sua reflexão...

floreseabelhas disse...

Caro AM
Obrigada pelo tempo perdido em minha defesa. Digo perdido, porque a patetices não vale a pena responder.
Apenas umas notinhas dirigidas ao senhor com aparente perfil para integrar a brigada-da-moral-e-dos-bons-costumes: sobre a seriedade do outro, talvez as perseguições profissionais efectuadas - por ele e seus amiguitos - a gente que tem a particularidade de não ser do PSD, de ter amigos considerados pouco recomendáveis politicamente, de ousar pensar por si mesma e em voz alta, e outros crimes de lesa-sr. presidente, que, regra geral, andam de braço dado com a liberdade de expressão, o ajudem a perceber alguma coisa. Ou talvez não ajudem nada.
Quanto à minha identidade, isso é um problema meu. Não insulto ninguém, não prejudico ninguém e não me meto na vida alheia. E não admito que mo façam, como o senhor o fez! Não sou uma figura pública, não uso os dinheiros públicos para libertar os meus ódios pessoais, para fazer ajustes de contas. Se alguém se sentir prejudicado, faça o favor de me processar. Por outro lado, tenho todo o direito de criticar as figuras públicas que usam indevidamente os recursos e os poderes que os cargos lhes conferem.
Para terminar, se assinar Maria Albertina, Vanessa Filipa ou Ivete Marisa, fica mais feliz? O que eu escrevo ganha outra seriedade?
Realmente, tal como já sucedeu com outros blogers, era muito mais fácil, simpático e democrático perguntar-me directamente a minha identidade. Essa pergunta tem sempre resposta!

Atentamente,
Kátia Soraia

AM disse...

Caro Pedro Silva

Compreendo e concordo com o que escreveu no seu comentário.

Não sou fundador deste "blog" e fui apenas convidado para aqui escrever.

Aceitei, porque pensava que era possível e desejável contribuir para "Socialistas em debate".

Não sou, como sabe, militante do PS, nem sequer votante, nem do PS nem de qualquer outro partido, pois (dez anos antes do Pedro Silva) deixei de acreditar nesta farsa a que continuam a chamar "democracia".

No entanto acredito nas pessoas (em algumas pessoas) e sinto que algo tem que ser feito, pois não é "isto" que quero deixar à minha filha (e custa-me emigrar para um país "decente" se descobrir algum)

Concordo consigo em que não é possível o debate com militantes do partido socialista (nem de outros partidos, claro)

AM

AM disse...

Cara Kátia Soraia

Não era minha ideia ir em sua defesa (nem a Kátia precisava) mas apenas tentar responder às "patetices" (como muito bem chama) do Pedro Aroso, e tentar, mais uma vez esclarecer o conceito de SERIEDADE.

Não ligue grande atenção a este "fait-divers" e continue, por favor, a ajudar a elevar aqui o debate.

Obrigado
AM

AM disse...

Caro Pedro Aroso

Estivesse eu "quente" como diz, que lhe diria o que podia fazer ao seu conselho...

AM

maloud disse...

Estou estupefacta com alguns comentários. Lembraram-me o muito comentado artigo do JPP, A Fauna das Caixas dos Comentários.

floreseabelhas disse...

AM, obrigada :)

AM disse...

Ó Maloud

A Fauna ???
A Fauna ??????

Aqui é mas é A FLORA das Caixas dos Comentários!!!!

:):):):)

AM

Rui Castro disse...

Caros todos,
O Dr. António Moreira anda muito contido, por isso o melhor mesmo é não provocá-lo.
Caro Pedro Aroso, qualquer coisa que diga em dissonância com o Dr. Moreira será alvo dos mais violentos ataques ou dos comentários mais disparatados; basta ver que compara as águas de Rio com as de Cavaco e, pasme-se, com as de Salazar. Veja-se a imaginação vindo de quem já "arrotou" por aqui alguns dos maiores tiques reaccionários ou ditatoriais. É preciso lata.
Aliás, cuidado com ele, pois quem afirma:
"Estivesse eu "quente" como diz, que lhe diria o que podia fazer ao seu conselho..."
Porventura ainda lhe batia...
O Moreirinha está em grande. Cada dia sem um comentário do AM é um dia com muito menos boa disposição.
Este "rapaz" é um fartote!

AM disse...

Cara Maloud

Tinha razão

É mesmo FAUNA :(

AM

Rui Castro disse...

EHEHEH.
Piadinha ao mais alto nível de AM!
Um abraço

Incoerente disse...

FLORES E ABELHAS DIZ :
«Quanto à minha identidade, isso é um problema meu. Não insulto ninguém, não prejudico ninguém e não me meto na vida alheia.»

JN do POVO diz é mentira ! Na verdade foram tecidos comentarios relativos à vida alheia, ke podem á luz do senso comum serem considerados um insulto - consultar :
http://floresabelhas.blogspot.com/2006/01/opinies-quem-as-no-tem.html

Por ultimo de desonesto a ladrão, vai uma diferença ke se prende com muito tostão

E ainda não se sabe nada dos projectos da oposição desta Cidade, ke raio anda a fazer o PS?

AM disse...

Acho que o senso comum anda muito sobrevalorizado...

Penso que Carrilho (que foi o melhor ministro da cultura) terá muitos e variados defeitos mas dificilmente poderá ser considerado imbecil.
Até admito que, nos últimos tempos, terá sido mal "influenciado", mas enfim.

Agora que alguns sofrem a «dor de *****» de uma forma especial, lá isso...

AM

Incoerente disse...

não é isso ke esta em kestão , em kestão esta provar ke isto da honestidade das opniões dos outros é um coisa subjectiva

seguindo o v. ponto de vista o flores e abelhas tambem é desonesto.... perceberam?!

Já agora ke tal uma visita ao historico para se verificar a honestidade das opniões sobre o tal dito ministro da cultura e a sua bela esposa -

«Agora que alguns sofrem a «dor de *****» de uma forma especial, lá isso...»

R. já diziam os xineses -basta uma batata podre para apodrecer o saco inteiro

AM disse...

Os "xineses" também andam muito sobreavaliados.

AM

floreseabelhas disse...

ihihih...

Anónimo disse...

claimed the majority pay back his or her lending products timely and also not having fees
A number one credit debt charitable organization is attempting the number of individuals checking out these folks to get guidance more than cash advance debts that will dual this approach. financial debt charity states that round purchase your short-run, large fascination personal loans in 2010. The actual aid organization says 3 years back how many buyers with them has been small.
pożyczki na dowód piła
kredyty bez bik
kredyt bez bik wrocław
kredyty bez bik
pożyczki chwilówki warszawa

http://pozyczkanadowod24.net.pl
http://kredytybezbiku.biz.pl
http://pozyczkanadowod24.com.pl