segunda-feira, março 28, 2005

Candidatos, quais? Que projectos?

Este texto foi amavelmente enviado para o Sede por Joaquim Pinto da Silva

Sem dúvida que se o Dr. Santana insistir na louca corrida suicidária deixa ao PS e à esquerda (pensamos…se houver alianças), um caminho amplo, mas na verdade, ao Dr. Carrilho não lhe é conhecido pensamento substancial sobre Lisboa. Embora, outros pensamentos sejam de envergadura filosófica, reconheçamos.
Quanto ao Dr. Ferro Rodrigues, penso que um jejum é essencial, e não será por estarmos na Páscoa. Mas também o merece…
Pensemos primeiro, o PS obteve a maioria por diversas razões, mas não foi por falta de projecto para o país com certeza.
E isto é uma lição para todos os candidatos autárquicos.
Também, outra característica, que o Eng.º Sócrates afirmou será a da renovação. Ora esta terá de ser aplicada em toda a sua plenitude. Renovação, vontade de servir o cidadão, projecto de cidadania e desenvolvimento.
Matosinhos, também não pode escapar à regra. Urge renovar, sob pena de claudicar. Aproveitar esta oportunidade única e colocar os mais capzazes, aqueles que podem elevar este concelho, nos planos sociais, culturais, tecnológicos, etc, afastando caciquismos, maniqueísmos, e outros ismos, talvez uma independente possa ser uma boa escolha. Mas sobretudo a mudança para uma outra forma ética de fazer política.

Joaquim. Socialismo humanista

1 comentário:

anarca azul disse...

Parece que vai renovar.