domingo, junho 19, 2005

as sondagens!

Não pensem que vamos fugir a comentar as sondagens, nomeadamente a do Expresso que é desfavorável ao Assis.



Em primeiro lugar devemos dizer que o estudo parece bem feito e deve ser credível, ou seja, os números devem ser estes. As pessoas tem que perceber que se não houver uma reunião de esforços, esta gestão camarária vai ganhar.
Em segundo lugar o Assis está a crescer, ou seja, com a simples introdução dos cartazes de rua, mais as inúmeras iniciativas de maior ou menor escala serviu para encurtar a distância.
Em terceiro perceber o resto do cenário, a CDU vai com 10% e tem uma atitude abominável, veja-se as declarações de Sérgio Teixeira da CDU :
"Isto não está para maiorias" Instado a reagir à previsão do "Expresso", Sérgio Teixeira, primeiro candidato da CDU à Assembleia Municipal do Porto. Para o candidato, o facto dos números apontarem para a eleição de um vereador espelha "o reconhecimento da importância do trabalho da CDU na Câmara". Sérgio Teixeira não acredita na possibilidade da coligação PSD/CDS-PP obter maioria absoluta e de, com isso, desfazer-se o actual cenário político da autarquia, no qual o candidato comunista à Câmara, Rui Sá, exerce o papel de fiel da balança. "Isto não está para maiorias absolutas. O que eu acho que está em cima da mesa é a continuação do papel determinante por parte da CDU no conjunto da afirmação de propostas em contraponto em relação àquilo que tem sido a política do PSD/CDS-PP. "


Estes 10%, com estes discurso vão baixar! Não há funeral do Cunhal que lhes valha.
Em quarto lugar, estamos no rescaldo da acção política do Governo, onde se tem notado uma rejeição ao PS. As principais criticas que se tem ouvido na campanha autárquica incide sobre a estratégia de governação nacional. Em Outubro já não será tanto assim (pelo menos esperamos que não, porque é sinal de melhoria económica e de sucesso de medidas com que alguns sedentos, para não dizer a maioria, discordam).
Finalmente, é bom que se saiba que cada um por cento retirado ao Rui Rio vale por dois. Ou seja num cenário de alteração de sentido de voto de um candidato para outro, a distância é de 3%.
Estamos, portanto, convictos que a vitória está ao alcance e que vamos conquista-la. Da última vez não foi o Rio que ganhou, mas sim o Gomes que perdeu.


Desta vez será o Assis a ganhar.

3 comentários:

Anónimo disse...

É já a seguir! É já a Seguir!

Incoerente disse...

So tem que fazer uma sondagem,
ate podiam faze-la aki na Net.

Não deve ser dificil, depois deste template (arghhh) maravilhoso , colocavam um quadro para votos, hum que tal?
- bem o melhor talvez seja encomendarem o resultado das sondagens a alguem Independente - o que não é problema, não faltam idependentes no partido socialista...

Avelino disse...

Quer-se dizer,
A nossa amiga incoerente além de criar este belissimo template ainda acha que tem capacidade para fazer uma sondagem credivel no nosso blogue.
A democracia tem limites (pareço o am) e nunca alguém haveria de votar no Rui RIo neste espaço- ARGHHHH!