sexta-feira, junho 17, 2005

Vassourada

Ouvir Manuela Ferreira Leite dizer hoje, aos microfones da RTP, que o país estaria muito melhor se ela tivesse continuado a ser Ministra das Finanças e o projecto Durão Barroso tivesse continuado, já nem dá vontade de rir, nem de chorar, nem de coisa nenhuma que não seja correr com esta gente à vassourada da esfera do poder politico.
Ela estará confundida em relação ao tempo? Ela ter-se-á dado conta que nem um ano passou? Apenas um Orçamento de Estado aconteceu. Será que ela ainda não interiorizou a responsabilidade que tem nisto tudo? Mas que lata, que despudor…
E aquele arzinho de quem está à espera da queda dos socialistas para, então sim, voltar ao poder e voltar a aplicar as suas teses, quem sabe às costas do Borges, ou do Anibal.
Eu repito aqui no SEDE, esta geração que se apoderou do poder e nele alterna, TEM que ser corrida à vassourada, ficando apenas e só aqueles que de facto tenham algo ainda para dar ao país, e que não são por certo os que continuam a entrar-nos pela casa dentro todos os dias.

7 comentários:

MBC disse...

Quanto à vassourada, está carregado de razão. Mas olhe que nessa vassourada não pode incluir apenas aqueles que não são do seu partido. Não se esqueça de a bramir de forma generalizada. Nesse caso, desconfio que vai ser necessário uma refundação do PS, do PSD e, em alguma medida, do PP. Mas assim sendo força na vassoura.

avelino disse...

Em primeiro lugar julgo que o primeiro a ser refundado vai ser o PCP, pelas razões óbvias.
Quanto ao facto de ser nacessário estender a vassourada ao PS, sou bem capaz de concordar.
O mal nisso é que muitas vezes vai tudo à frente, o que pode ser mau.
Mas está visto que a geração do poder do pós 25 de Abril chegou ao fim.

Incoerente disse...

Seleccionar as melhores ideias de cada um dos lados.

É por 1 partido desses ke espero há muito tempo...

AM disse...

"Mas está visto que a geração do poder do pós 25 de Abril chegou ao fim."

E a seguinte e a outra a seguir, se não chegaram, deviam ter chegado :-)

AMNM

Incoerente disse...

Ahahah o A. Moreira enquadra-se nessa geração , pois é, o Sede não tem nenhum cuidado com a sensibilidade dos leitores...

fortuna disse...

ó A. Moreira, não o imaginava no PREC. Pelo menos está muito bem conservado.

AM disse...

Eheh

Vocês não sabem é ler :-)

Eu sou da geração a seguir à que seguiu a seguinte à do pós 25 de Abril.

Leram tudo ao contrário seus velhadas.
Vocês é que estão ultrapassados, a minha geração ainda está a chegar (já agora quem é que tem filhos mais novos, quem é ?)

Boas
AMNM