quinta-feira, junho 16, 2005

Não deixa de ter graça

Os blasfesmos publicitam, em local especial, esta caricatura do carrilho num veículo estranho. O desenho, apesar de bem feito, nem sequer prestigia os atributos mais famosos da mamã Guimarães - nem um poucochinho do decote!
O joão Miranda acrescenta:
"Espero que ganhe o Carrilho. Se as pessoas do Norte têm autarcas como Luís Filipe Menezes, Valentim Loureiro, Narciso Miranda e Avelino Ferreira Torres, porque é que os lisboetas haveriam de se ficar a rir? "

Eu diria que ele se esqueceu-se do Santana Lopes e do Isaltino, já para não falar dos Zés Marias a mijar na Ponte, ou do correrio de funerais.

No entanto, vamos esperar pelas imagens do Rui Rio a conduzir calhambeques e pela igualdade de tratamento.



2 comentários:

Gabriel disse...

Meu caro,

Como sabe, a igualdade de tratamento não é exigível aos blogs. Ainda assim, pode facilmente constatar que a corrida de calhambeques tem sido bastante gozada no Blasfémias....

Também chamei a atenção do JM para a falha grave da ausência da "nossa" senhora de Felgueias.

A ideia do decote é boa (double sense), vou falar com o Sergei

Gabriel disse...

Felgueiras (double sense, again) obviamente