sábado, junho 11, 2005

Matosinhos

Não é preciso muito esforço para saber que no SEDE a novela da Câmara Matosinhense não nos apaixona. Aliás cansa-nos, pois, uns outros e todos já deviam ter arrumado com o assunto à muito tempo.
No entanto, devemos dar conhecimento de duas coisas:
- O nome do Guilherme Pinto é consensual entre as 2 facções socialistas, sabendo-se até que Manuel Seabra vê com bons olhos esta opção.
- No caso de não sair uma solução dentro de Matosinhos, poderá evidentemente voltar à baila o Joaquim Couto.
A nós parece-nos que mesmo assim o Narciso ainda vai dar uns ares e, quem sabe, pode ir mais além.

3 comentários:

Incoerente disse...

Apesar da experiencia de Guilherme Pinto, o vereador não tem estofo, nem espirito de liderança, que lhe permita suceder a Narciso Miranda, este continua a ser o candidato e o presidente ideal para a Cidade de Matosinhos, caso possa manter a sua excelente equipa.

Anónimo disse...

Úi!
Estarei a ouvir bem?

Incoerente disse...

Realmente há uma certa barrulheira, mas em Matosinhos corria tudo bem, não fossem os problemas «familiares e edipianos» do Sr. Seabra