segunda-feira, setembro 05, 2005

Morais ainda, e a pressão...

Neste fim-de-semana o Expresso veio dizer que RIO prepara um ataque nos tribunais ao seu vice. Triste fim para esta história. Está longe a dignidade de quem se assume sempre como representante da honestidade e da seriedade na política.
Incompreensível é também o facto do actual presidente da Câmara nem sequer durante o período eleitoral lançar as suas ideias de futuro para a cidade.

Costumo dizer que o Francisco Assis padece de um defeito que às vezes o prejudica: "não sabe inverter a pressão". É voz comum na comunicação social pedirem-lhe os projectos, as ideias, as propostas. A pressão tem estado do lado do PS. Na verdade ninguém se esforça muito para ouvir se a coligação de direita tem ou não projectos.



Basta lêr o seu anterior programa para saber que mesmo que os tenha, isso não serve para nada.
A pressão devia estar noutro lado. A questão dos debates está também aí. É evidente que quem vem de um percurso de 4 anos a lidar com dossiês tem mais facilidade em ser objectivo nos temas de discussão. Mais uma vez isso não acontece, pede-se ao Assis um domínio mais forte como o do seu adversário, sobre Ceuta, SRU's, Bairros, Programa Porto (in)Feliz, como não se exige a RIO. Interessa pouco que o número de arrumadores tratados não seja um dado estatístico, mas sim uma aproximação conceptual, que as obras nos bairros não sejam um caderno o de encargos objectivo, mas antes uns trabalhos à tarefa, e por aí fora.
Fica a ideia que o exame dele é mais difícil e árduo que o do outro, ainda que o primeiro passou no exame anterior por passagem administrativa, tipo exame americano em que acertou nas cruzinhas.

Já agora, será que a idade só interessa no caso do Soares e como argumento negativo? O facto de Assis ser um jovem, com grande margem de progressão é insignificante?

4 comentários:

Incoerente disse...

o PSD esta a falhar em todos os sentidos, cá no burgo já recebemos as listas e as promessas socialista para a Freguesia (devemos dizer ke, enfim, é uma lista de funcionarios publicos ... mas sempre é uma lista) - listas e promessas sociais democratas nem ve-las ...
assim os Portuenses não podem escolher em livre consciencia.

Já agora amigos Socialista , como correu o V. comicio?! Não acompanhei a emissão em directo e as passagens só faziam referencia a Socrates e as Presidencias, desta vez sempre deixaram o Sr. Assis falar?

Anónimo disse...

"Quem lá está" tem sempre a vida facilitada, se assim não fosse não havia dinossauros autarquicos. Mas tambem tens de te lembrar que que até ao lavar dos cestos é vindima. Mas será que o Assis também não se põe a jeito para essa postura fragilizada de que falas??

Eduardo

militante socialista disse...

O comicio foi a reentré do PS nacional. Estava pouca gente e o Assis disse o costume. Socrates está a dar cedo demais isto como perdido...

Anónimo disse...

Se vinha no "Expresso" então provavelmente não é verdade...