segunda-feira, setembro 05, 2005

Os debates

O Candidato socialista à Câmara Municipal do Porto entende que a cidade perdeu protagonismo, por culpa de Rui Rio, um presidente que não percebeu a «dimensão deste cargo».
Em entrevista à TSF,
Francisco Assis considerou que o cargo de autarca da cidade "Invicta" vai mais além do que ser autarca, já que envolve uma «responsabilidade maior do que a gestão da autarquia».«Essa é a grande crítica que eu faço ao actual presidente da câmara do Porto: acho que nunca compreendeu verdadeiramente a dimensão desta função, a dimensão deste cargo», explicou.
Para além desta crítica feita ao actual autarca do Porto, Assis prometeu ainda uma relação diferente da Câmara com o FC Porto daquela que foi protagonizada por Rui Rio.
O que se sabe é que pelos vistos RIO não debaterá com ASSIS. Não parece verdade que se chegue ao momento de votar sem que os candidatos se organizem em debates. Este comportamento anti-democrático que foi lançado por Cavaco Silva na sua recandidatura legislativa, está a tornar-se um hábito.

2 comentários:

Teófilo M. disse...

De facto, começa a ser estranho que alguns políticos, se neguem a debater as suas ideias com outros e se continuem a considerar democratas.

A população, pelo seu lado, já anda tão farta de promessas que prefere um joguinho de futebol, uma telenovela ou um programa brejeiro, em vez deaqueles chatos a debater os problemas de que se queixa diariamente a tudo e a todos.

Somos um País cada vez mais inconsequente, mas ninguém, pelos vistos, está interessado em que isto mude, pois não escrevem artigos de opinião nos jornais, nem tampouco os jornalistas se interrogam sobre a questão.

avelino disse...

Nem tanto interessa lêr jornais. A causa do Comércio desapareceu tão rápido como surgiu.
Oxalá o jornal volte, mas já confiei mais.