quarta-feira, maio 11, 2005

BoaPista

Um tributo fantástico à denominação que o blasfesmo Gabriel Silva atribui à nossa maior avenida:

“Avenida da Boapista”

Eu juntava-lhe que o túnel devia ser chamado de Túnel de “Alcácer Quibir”, do tipo vai e não voltes, nem sequer quero saber por andas.

O Edifício transparente devia ser “edifício inexistente”.
E o Parque Oriental devia ser o “Parque transcendental”.

Aceitam-se outras sugestões!

3 comentários:

Anónimo disse...

E O Cardoso que motivou estas ultimas, ficaria conhecido como o D. Sebastião?!

Avelino disse...

Até pode ser!
Sabem que outro dia ouvi uma teoria sobre o facto desse mito ser de origem judaica. Logo comparado com a ruptura existente entre o primeiro e os segundo testamento. Ou seja para uns é o reconhecimento de Cristo como filho de Deus que veio até nós. Para outros não!
A questão do eterno retorno, ou dito de outra maneira do eterno não retorno terá que ser mantida.

Fortuna disse...

É realmente formidável a nova designação arranjada pelo Gabriel.
É de grande verve politica e, quase diria, de homem de esquerda. Mesmo sabendo que ele é de direita.