sexta-feira, maio 13, 2005

Vem aí uma cambalhota

É espantosa a cambalhota que o Dr. Rio prepara, tentando cavalgar a situação dos grupos de teatro do Norte,entre os quais o "As boas raparigas" já teve de suspender a actividade por falta da sopa dos pobres.

Rio quer armar-se em paladino da cidade que desprezou durante todo o mandato e sobretudo vingar-se da Ministra da Cultura.

Ora o actual imbróglio, provocado pela providência cautelar de um grupo no "Administrativo", tem a ver com o concurso do governo anterior, cujos resultados foram emitidos , aliás, para o Norte, com dois meses de atraso em relação ao restante país. É pois com o governo do dr. Rui Rio, havendo uma situação jurídica de total bloqueio enquanto o tribunal não se pronunciar.

Só pode pois haver uma solução política de emergência por parte da actual ministra para resolver uma situação deixada pela anterior e é preciso saber se o governo vai entender ter essas condições como desejamos.

Mais, é espantosa a preocupação do dr. Rio com os grupos de teatro, quando ele próprio cortou todos os subsídios da Câmara à produção teatral portuense que existiam há mais de doze anos e que eram um complemento, para alguns grupos, vital.

Pedro Baptista

1 comentário:

Avelino disse...

Vale a pena vêr no Blasfémias como já circula na net os quesitos do advogado no recurso ao embargo do IPPAR.
Pelo mesno se não é um documento oficial assim parece.
Depois clamem pelo respeito da sinstituições.