sexta-feira, maio 20, 2005

O relatório Constâncio

Sou daqueles que acham que já vai sendo tempo de pensar em alternativas sobre o défit.
Se o estado gasta demais, então aumentam-se impostos directos e indirectos? Se o estado gasta demais, fala-se em contenção, mas crescem as despesas e as dificuldades à classe média.
É que andei 2 anos a argumentar o contrário! Não gosto muito de alterar a minha posição sem perceber porquê? Ou melhor sem achar que se justifique.
Se o caminho é o mesmo dos ultimos 3 anos então a economia é para mim uma ciência oculta. Se não impulsionarmos a receita o déficit vai crescer na mesma.

14 comentários:

RS disse...

É verdade Avelino
Infelizmente eu também acho que não se antecipam ventos de mudança nesse aspecto para melhor (com outra visão ou com outro projecto, mas estou como tu talvez seja ignorancia minha), nem sequer a soprar para outro lado (são sempre os mesmos a entrar com o cacau). Mas ainda de uma forma bem mais aflitiva o desemprego teima em continuar e a agravar-se. Eu não quero perder a vontade de acreditar, mas começo a estar preocupada que MUITOS que trabalham e vivem apenas do seu salário não vão ser devidamente protegidos. Senhor Ministro da Economia que tal começar a dar sinais que afinal estou totalmente enganada?

Cristina disse...

Portugueses esperamos ke se unam a nós na luta, contra este socio indesejado - o estado -

Portugueses todas as revoltas justas nascem no Porto, vamos unir-nos contra as viaturas de alta celindrada, as reformas destes senhores, os jantares no ROSEIRAL, os tachos;
Portugueses, unidos podemos boicotar o aumento de impostos, se ninguem pagar - ninguem será penalisado - vamos fazer pressão antes do desemprego ou da miseria, - é necessario agir - Força Portugal IRS este ano não!

(Ps : para o sede, voces não foram informados , porque o Sr. Socrates mantem as medidas secretas, só faz comunicações em braile ,é que para ele o povo é cego)

AM disse...

Tinha tanto que comentar aqui...
Mas não estou capaz :(
O caminho é sempre o mesmo, Avelino, sempre o mesmo caminho fácil.
Enquanto a luta política for entre partidos que apenas aspiram chegar ao poder pelo poder e conseguir manter-se no poder o maior tempo possível, que mais podemos esperar?
Demagogia e soluções fáceis, nada mais.
Os pobres "camelos" que pagam sempre tudo, na altura das próximas eleições já se esqueceram de tudo, que entretanto houve futebóis, quintas e big bredas.

Pensar que dantes se faziam catedrais.....

Boas
AMNM

AM disse...

Cristina

Anda a fumar o quê, agora?
Isso não é só tabaco, não, não...

Fixe
AMNM

avelino disse...

Meus caros eu qualquer dia estabeleço um papel especial para os dois (AM e Cristina), do tipo velhotes dos Marretas, ou bucha e estica (o estica é para as mulheres - senão é demasiado insultuoso e a net é cega).
De uma coisa é certa a animação nos comments é porreira com vossas excls

fortuna disse...

Oh! meus amigos, meus amigos. Que conversa jarreta essa do deficit. Ponham as coisas em pratos limpos, semvitimizações.

Avelino disse...

Ouve lá ó Fortuna,

Jarreta o tanas. Tu até por teres sido candidato a deputado devias saber bem que existe um problema entre o programa de governo proposto e as manchetes que os assessores do Sócrates vão provocando.
Se o estado das contas é calamitoso, em primeiro lugar fala-se ao Sampaio que é o primeiro culpado ao deixar o Lopes com um orçamento em vez de duodécimos. Depois vem as contradições. Eu vi que o Barrosos falou em choque fiscal e aumentou os impostos com a tanga da tanga.
Agora é igual??????
É que antes de ser do PS sou trabalhador e cidadão e sinceramente percebo que aos deputados, que ganham o mesmo tanto se lhes dá como se lhes deu, mas a mim não.
Limpei bem os pratos ? Jarreta é a prima.

RS disse...

Estou contigo, avelino.
Isto de o nosso D nos chamar jarretas não está com nada! Não é que em alguns casos não tenha razão. ;-). Mas ninguem esta para ouvir semelhantes insultos!!!! :-).
è que o pessoal está farto que lhe vão aos bolsos, ainda para mais quando alguns estão vazios. Que tal puxar pelos miolinhos e arranjar soluções menos fáceis e imediatas. Será que os prémios Nobeis a contratar para acompanhar a comissão que vai gerir a inovação não poderá dar algumas ideias.... è que assim como assim são prémios Nobeis do MIT não é qualquer coisinha!
Desculpem não resisti a ser amarga. É que limão (senhor D) puxa água tónica (cheeinha de quinino!!!!):-)))).

Cristina disse...

Eu por mim lancei a axa, já não paguei o ano passado, se todos entrassem nesta podia ser que este ano me safasse, mas voces tem todos medo... Vou me virar po PCP

Cristina disse...

Olha lá oh «velhinho jarreta», não keres pagar os meus impostos, depois pode ser que o dinheiro de pa fumar outra coisa.

Mas realmente tens razão, sabes aderi aos genericos - agora fumo filtro XS, faz o mesmo mal e é mais barato

Cristina disse...

Oh Avelino gostou da boca do Roseiral?

AM disse...

Carago, não carago

amnm

Avelino disse...

Gostei muito. Acho que só lá comi uma vez, mas gabo-lhe o estilo!
Por outro lado deixei de fumar, o que até fica mal a um arquitecto, tira-me aquele tom de catarro, como o Siza , e tira-me a possibilidade de ter projectos sem concursos como ele.
Mas respeito os sgs

Incoerente disse...

que pena Avelino, logo agora que o tabaco tem genericos