quarta-feira, outubro 12, 2005

QUANDO vão explicar QUE TEMPO CUSTA DINHEIRO?

Foi quase noticia de abertura do telejornal que o senhor Primeiro Ministro tinha viajado de falcon até Aveiro para assistir a um jogo de futebol.
Escandaloso! Mas neste caso não é o conteúdo da noticia, é a sua existência!
Será que estamos tão mal em Portugal, que este facto possa ser considerado noticia?
Não é que me apeteça pensar muito no assunto em si, a meu ver sem qualquer importância e totalmente justificado, mas apetece-me reflectir como foi justificado, que argumentos por parte do gabinete do PrimeiroMinistro foram usados para desvalorizar o facto.
Aí é que a coisa correu mal! Meus caros, porque é que o gabinete do senhor Primeiro Ministro não se limitou a justificar desta forma?
Sim, a viagem custou 2000 Euros, foi a forma mais rápida de ir até Aveiro e por isso mais barata, PORQUE TEMPO CUSTA MUITO DINHEIRO, e o senhor Primeiro Ministro não foi em lazer foi em representação do Estado Português, foi a forma do governo POUPAR DINHEIRO.
Se esta noticia do falcon tivesse sido bem explicada pelo nosso Governo e utilizada como uma deixa para explicar ao “pessoal” que um dos grandes males do nosso País é não contabilizar o TEMPO que se ganha e se perde como valor económico, tinham feito um “figurão”. Eu pago para que o nosso Primeiro Ministro ande de falcon até Aveiro em 45 minutos descansadamente. Eu pago para que o nosso Primeiro Ministro ande de falcon até Aveiro em 45 minutos descansadamente, e volte rapidamente para pensar e discutir bem e tranquilamente o orçamento de estado, em vez de vir irritado depois de ter passado 3 horas no carro, 1 delas parado no transito. Enfim, eu pago para que o nosso primeiro ministro GANHE TEMPO ao andar de falcon em deslocações de estado nem que seja a Aveiro, PORQUE TEMPO CUSTA MUITO DINHEIRO! Deixem por favor de usar argumentos cheios de pequenas culpas como a que foi dada: o falcon tinha mesmo que ir a Aveiro para não cair na próxima viagem, e o senhor Primeiro Ministro só apanhou boleia. Poupem-nos a argumentos simpáticos, expliquem as coisas como elas são, vão ver que o Povo percebe e agradece. Tinha sido uma oportunidade de ouro, esta do falcon até Aveiro com o nosso Primeiro Ministro, para provar que mau jornalismo pode ser usado para convencer cada um de nós que ao ganhar ou perder tempo está a poupar ou a gastar dinheiro.

11 comentários:

TAF disse...

Eu também não vejo interesse nenhum na notícia, mas preferia que o nosso Primeiro Ministro não gastasse tempo (pelos vistos de trabalho) a ir ao futebol... Afinal não é para isso que eu lhe pago ;-)

RS disse...

Tiago
Também é para isso que lhe pagamos! E é também por isso que ele tem que ir ao futebol.É que o lazer de uns, torna-se trabalho para outros. Sempre foi assim e assim será.

Pedro Aroso disse...

Se o José Sócrates fosse um bom Primeiro-ministro, eu até nem me importava nada que ele andasse mais vezes de Falcon. O George Bush, por exemplo, só viaja de Boeing. O único traço comum é que ambos governam mal, por isso saem tão caros aos bolsos dos contribuintes.

Pedro Aroso

TAF disse...

Cara Raquel, digamos que eu não concordo com as prioridade do PM no que respeita ao uso do seu tempo, que é necessariamente limitado. ;-)
Mas eu não perderia 2 segundos a passar uma notícia destas no telejornal...

Anónimo disse...

Já agora, o PS também se fartou de berrar contra idêntica utilização dos Falcon por parte de Paulo Portas e Durão Barroso.
Cá se fazem ... cá se pagam.

Alter Ego

Teófilo M. disse...

A tripulação do Falcon do governo necessitava de cumprir horas de vôo para a sua certificação, sob pena de o Falcon ter de ficar em terra por falta de pilotos.

Aproveitou-se a ida a Aveiro (percurso curto) para averbar mais uns minutos de vôo aos pilotos, que assim cumpriram o estipulado pelas regras internacionais e possibilitaram a extensão da sua certificação.

Assim, de um tiro, mataram-se dois coelhos (não, não estou a falar do Jorge).

Claro, que teria sido mais fácil explicar isso, mas já todos sabemos que este governo tem dificuldade em se explicar, ou então julga que são ninharias com que não basta gastar tempo (faz mal).

Onde está a notícia?

AM disse...

Por acaso até acho que, aqui, o Tiago tem razão.
Mas, mesmo que não fosse esse o caso, claramente este Governo não sabe gerir a imagem, nem entende a importãncia da comunicação e de comportamentos simbólicos.
Da mesma forma que acabar com uma reforma milionária de um ou meia dúzia de parasitas, pode significar muito pouco em termos orçamentais, mas imenso em termos simbólicos, também a realização de certo tipo de despezas "sumptuárias" poderão pouco afectar o orçamento mas podem manchar seriamente a credibilidade e a imagem do Governo, do PM e, naturalmente do PS.
E convém lembrar que a C.Social vive disto (infelizmente) e não de subsídios (felizmente).*

AMNM

* quer dizer, havia muito aqui para discutir.

Anónimo disse...

Sr. Pedro Aroso, não se esqueceu de mencionar o SR.Santana Lopes? e outros,quando fizeram campanha eleitoral com o dinheiro dos contribuintes, passeando no dito Falcon????
seja mais coerente, e não fale só de quem não é da sua côr politica.

Pedro disse...

caro anónimo,
acha que o PS não fez o mesmo? Como acha que o PM veio ao Porto das 4 vezes que cá esteve? No carro oficial do PS!?!?!?

Em relação ao futebol, o PM foi lá em campanha, para aparecer na televisão a seguir à vitória e apuramento da selecção... Já agora, para que existe um secretário de estado dos desportos?!? Não é para estes momentos? Ou tem de ser o PM (que tem coisas mais importantes para tratar do que andar a ver jogos de futebol)?

RS disse...

Eu esperava que este meu post levasse a uma discussão sobre o essencial e não sobre o acessório. Preferia discutir como são explicadas, bem ou mal, as medidas que o Governo toma. Acho que razãos para as medidas do Governo fossem mostradas com clareza ele teria maior solidariedade do Povo.
Acho que este é um ponto a melhorar, saber melhor COMUNICAR.

AM disse...

De acordo Raquel :)

AMNM