segunda-feira, abril 11, 2005

Assis ao Porto!





Francisco Assis fez ontem um périplo pela cidade do Porto, com o objectivo de se inteirar em profundidade de alguns dos principais problemas que tem estado na ordem do dia da invicta. Lançou a pré-campanha numa iniciativa louvável, de contacto directo com os problemas e com as pessoas, em contraponto à forma de estar de Rui Rio, que nunca foi capaz de criar um clima de envolvimento com a cidade. Assis pretende assim fazer evoluir o seu projecto politico, dando desde logo um claro sinal de que conta com todos e que o projecto do PS é suficientemente abrangente e extravasa o próprio partido. O facto de, no mesmo dia, ter incluído iniciativas de cariz diversificado vem realçar precisamente a vontade de levar por diante um projecto inclusivo ao encontro dos problemas das pessoas e da cidade.
Até agora, é de aplaudir. Continuaremos atentos.

9 comentários:

Anónimo disse...

Assis, Assis, Assis, Assis, Assis, Assis, Assis, Assis, Assis, Sssis, Siiis ssi si si si si ss s s s s sssssssssssssss, se não ganhamos!

Anónimo disse...

O Assis visitou e levou consigo muitos dos verdadeiramente interessados no PS em mudar o Porto. Agora basta de identificar o que está mal. É preciso construir um Porto novo, internacional, onde a cidade seja por si só um factor de atraçcão.
Que tal o blogue fazer um analise tipo "SWOT-" para identificar como o Porto deve mudar???
RS

AM disse...

Caros amigos

Tenho vindo a ler, com agrado, o V/ "blog".
Comento, habitualmente, os assunto do Porto n"A Baixa do Porto" e no meu próprio "Provotar".
Este comentário pretende apenas, de forma construtiva, chamar a atenção para o facto de a candidatura do PS correr o risco de parecer ir a reboque das posições críticas em aberto em várias áreas (Tunel de Ceuta, Metro da Boavista, Metro no S. João, Av. dos Aliados, etc.), até aqui quase exclusivamente por força da intervenção de cidadãos não alinhados (leia-se em partidos) e nas quais (lamentavelmente) o PS tem opinado apenas de forma muito discreta.
O facto de aparecer agora, em período de pré-campanha, a "cavalgar essas ondas" implica o risco de parecer apenas "seguidismo" além de poder transformar debates que se gostariam "isentos" e analisados pelos seus méritos (ou deméritos) próprios em confrontações partidárias.
Longe de mim querer apontar algum caminho para a V/ campanha.
Entendo que é urgente afastar de vez Rui Rio e companhia da CMP, e, isso, reconheço, apenas será possível com a vitória do PS.
Mas vai sendo tempo de começar a acreditar na inteligência dos eleitores e actuar em consequência.

Perdoem-me esta intromissão.

Cumprimentos
A. Moreira

fortuna disse...

Oh! amigo A. Moreira, seja bem vindo. E prepare-se porque a coisa vai aquecer, politicamente, claro está.

anarca azul disse...

Vocês começam a enjoar um bocado com essa dedicação ao F. Assis. Que é que esse gajo fezafinal.

anarcaazul disse...

se nãose armar emparvalhão com o fcpjánão émau.

AM disse...

Caro amigo Fortuna

Se for para aquecer, politicamente, no bom sentido, óptimo.
Por mim já devia era estar a ferver há muito em vez de estar a cozer em lume brando há tanto tempo.
Mas talvez a culinária dos partidos tenha tempos diferentes dos que "tem fome" (de soluções, claro).

Um abraço
A. Moreira

Avelino disse...

Caro A.Moreira,tem razão qd alerta para os perigos de uma campanha demagógica e qd diz que é preciso mm afastar o Rio. Todos somos poucos. Não se esqueça de nos acompanhar nas futuras "novas fronteiras" do Porto.

AM disse...

Caro Avelino,
Caso haja divulgação conveniente e espírito de abertura (ou abertura de espírito :-)) nas futuras "novas fronteiras" do Porto estarei, naturalmente, disposto a contribuir para a controvérsia.
(Depois não digam que não avisei)

A.Moreira