quinta-feira, abril 21, 2005

Valongo decidido

O PS, em Valongo, apresenta uma candidata para a câmara, só não é a Manuela de Melo mas sim a Maria José Azevedo, antiga vereadora da Câmara do Porto.
Confirmam-se os prognósticos do Sede que disse em tempos que não seria a deputada, ex-vereadora da cultura, mas seria também uma mulher.
Esperemos que seja suficiente para derrotar o Fernando Melo!
Agora já só falta Gondomar e Matosinhos (em ambos os casos já ouvimos tantos nomes que é melhor nem arriscar, na verdade não beneficia o PS Porto esta incerteza).

16 comentários:

Anónimo disse...

Mais valia ser o Videira! Essa senhora deixou uma má imagem bem mnarcada nos bairros do Porto! Lembram-se?

Anónimo disse...

Valongo tem uma boa candidata já o mesmo não se pode dizer do Porto. Pelo menos em Valongo o desejo dos orgãos é de que ela seja candidata e vai ter ainda que ir a votos na CPC, já o Assis tá a borrifar-se para a concelhia do Porto e para a votação na CPC....como este andamento, no ps/porto ainda vamos ver gente a entregar o cartão de militante!
NINGUÈM TEM RESPEITO PELAS ESTRUTURAS PARTIDÀRIAS, EU NÃO VOTO ASSIS NAS ELEIÇÕES, vVOU VOTAR RUI RIO E SOU MILITANTE DO PS/PORTO!!!

SEDE disse...

Em relação ao último comentário, convém esclarecer que se não houve ainda Comissão Política Concelhia no Porto, isso responsabiliza unicamente o seu Presidente (Nuno Cardoso) e o seu Executivo que é quem tem competência para convocar a CP.
Quanto ao facto de essa pessoa dizer que é do PS e dizer que vai votar Rio, define que tipo de PS é, ou seja desmascara-se como um infiltrado.
O Dr. Rui Rio e o seu staff deviam dedicar-se a fazer o que não fizeram e a desfazer o que fizeram, para bem do Porto, em vez de andarem a arranjar pessoas para espiolharem os blogues e meterem pseudo-comentadores para espalharem falsidades e fazer propaganda ao seu serviço.
Mas vai ter de arranjar provocadores com mais nível, porque se for como este, dá vontade de rir.

AM disse...

Eu sou o AM
(isto de "anonymous" faz-me cá uma confusão...)
Já disse, noutros sítios, que não tenho nada a ver com os assuntos "privados" de cada um.
Mas, já que esta discussão é pública, e, caso a minha opinião interesse a alguém, cá vai.
Para mim, entre o Rui Rio e o Nuno Cardoso, venha o diabo e escolha.
Nunca compreendi (ou será que compreendi muito bem (?)) porque é que essa figureta se inscreveu no PS, quando, com o seu estilo de "jovem empresário", claramente o seu lugar era no PSD ou no PP.
Ainda menos compreendi (ou compreendi muito bem) como é que chegou a líder da Concelhia do Porto.
Mas é por essas e por outras, que alguns (como eu) acham mais higiénico estar "por fora" dos partidos.

Desculpem lá

AMNM (antes era só AM)

Cristina disse...

Bem eu venho abonar em defesa do espião secreto, então só por ser socialista, já não pode ser realista?
E só porque é realista esta ao serviço do PSD?
...
por essa ordem de ideias o Santana Lopes é com certeza , um socialista infiltrado no PSD... Não acham?

SEDE disse...

Ele não pode é dizer que é do PS/Porto e dizer que vai votar no Rio. Uma das duas tem de ser falsa.

AM disse...

(provocação)

Ó gente

É evidente que aqui há gato.
Para ser espião secreto, tem que ter um mínimo de inteligência.
Se tem um mínimo de inteligência não pode votar Rui Rio (e deitar uma lagriminha pelo Nuno Cardoso).

Se A=B e B=C, então A=C !

Certo? :D:D:D
AMNM

Avelino disse...

Elementar caro António

Pedro disse...

Sede:
Só quem é PS ou vota PS é que pode vir ao blogue? É que se for assim... tenho de me ir embora :-)

AM disse...

Acho que não Pedro

Eu não sou PS, nem voto PS (nem coisa nenhuma).
E ainda não bloquearam o meu IP :-)

Boas
AM

SEDE disse...

Toda a gente pode ( e deve) estar e dizer tudo o que entender. O que não pode é mentir sobre a sua identidade para enganar o auditório.
Portanto, mais uma vez, não se pode "identificar" como anónimo e como sendo do PS/Porto e dizer que vai votar Rio, já que é evidente que não é do PS/Porto. Ou se é, que diga quem é, para vermos o que é.
Não é?
Vamos esperar...

Avelino disse...

Pois !.....
Na verdade é um problema de identidade. Se não conhecesemos os personagens não nos incomodariamos.

Agora todos sãomito bem vindos ao blogue, nomeadamente os que não são PS. (pode ser que a gente consiga catequizá-los)

AM disse...

"(pode ser que a gente consiga catequizá-los)"

Hehe
Ainda está para nascer o primeiro :-)

AM

Cristina disse...

Sim, devia identificar-se não há mal nenhum em assumir akilo que disse.. .
Força caro anonimo, entendo perfeitamente a sua posição, relamente não há nenhum respeito pelas estruturas partidárias...

Avelino disse...

Ó Cristina, vamos ser claros:
A irritação de um dos sedentos (que tá visto não ser eu , mas que fala em nome dos outros) tem origem no facto de esta boca do "voto no RIo", derivar de apoiantes do Nuno Cardoso que não aceitam a preferência do Secretário Geral (que teve esmagadora vitória na sua eleição). Digo apoiantes e não digo o próprio - é diferente.
O Assis sempre repeitou o partido, já ganhou e já perdeu. já deu a cara e cresceu politicamente na organização. Não chegou aqui depois de insultar o Ps, nem depois de ter feito tudo para o PS perder. Respeito pelas estruturas de um Partido é saber que sem prejuízo da nossa opinião devemos respeitar as decisões institucionais da maioria. E a maioria no partido acha que o candidato é o Assis. E é.
Por ultimo também se deva dizer que não faz mal nenhum ao Assis ir contra o corporativismo do PS - tem é que ganhar e pronto.
Porque o argumento de que não voto no Assis porque ele não faz CPC é realmente estupido quanto baste, como se o assunto interessa-se alguma coisa à cidade. Alguém sabe se o Rio já fez comissão política? E o Menezes não era melhor candidato nas sondagens?

SEDE disse...

Vejam lá se o pseudo-PS/Porto votante no Rio e ao serviço deste, apareceu a mostrar a carinha...

Pelo contrário, infiltrou-se a comentar o post seguinte: é o que diz que o Assis não respeitou as estruturas partidárias.

O que é falso. Mas quem conhece algumas estruturas sabe o respeito que merecem.

Pensando melhor, o rapaz ou rapariga, nem deve estar ao serviço de ninguém. Deve ser só um pobre diabo. Um daqueles aparachiquinhos que no "anterior regime" tinha prometido ( ele e mais trinta) um lugar de vereador. Até nem é difícil chegar ao herói.

Em princípio o assunto não vale mais uma linha.