segunda-feira, abril 25, 2005

Um outro e Sempre 25 de Abril


-Na vossa terra, é a revolução! .....
Irena viu lágrimas de emoção nos olhos de Sylvie, que se inclinou para ela e lhe apertou a mão:- Vai ser o teu grande regresso. - E de novo:- O teu grande regresso.
Repetidas, as palavras ganham uma tal força que, no seu foro íntimo, Irena as vê escritas em maiúsculas: Grande Regresso. Deixou de se debater: ficou sob o encanto de imagens que de súbito emergiram de antigas leituras, de filmes, da sua própria memória e talvez da dos seus antepassados: o filho perdido que volta a encontrar a sua velha mãe; o homem que regressa para junto da bem- amada à qual outrora a ferocidade da sorte o arrancou; a casa natal que cada um de nós traz dentro de si; o carreiro redescoberto onde ficaram gravados os passos perdidos da infância; Ulisses que torna a ver a sua ilha ao fim de anos errantes; o regresso, o regresso, o regresso, a grande magia do regresso.
A IGNORÂNCIA- Kundera

Aos meus sempre Serucas

Raquel

1 comentário:

fortuna disse...

São estes textos, que nos traduzem momentos, e nos revelam emoções, que fazem valer a pena manter um blogue. Às vezes, a política é só um pretexto.